Mais Acessados

NOTÍCIA - Pablo ganhará título de cidadão soteropolitano; 'é o artista baiano mais comentado', justifica vereador

Na última sexta-feira (20),  o vereador Leandro Guerrilha (PSL) apresentou um projeto de resolução a Câmara Municipal de Salvador (CMS) para a concessão do título de cidadão soteropolitano a Agenor Apolinário dos Santos Neto, mais conhecido do público como o cantor Pablo. O provável futuro cidadão de Salvador é natural de Candeias e foi o fundador do ritmo arrocha, sucesso na Bahia e que vem ganhando cada vez mais fãs no país. O artista é um dos principais destaques da música baiana recente, com hits como "Porque Homem Não Chora", "Fui Fiel", "Bilu Bilu" e "Tomara", e mantém a agenda cheia com shows em todo o país. Por conta da visibilidade do artista, o vereador e radialista Leandro Guerrilha (PSL) solicitou que o título fosse concedido para Pablo. "Só tem 'sofrência' nessa Câmara", brincou o edil, contatado pelo Bahia Notícias. Na jsutificativa da resolução da CMS, o texto conta a trajetória de Pablo e as suas conquistas profissionais. "Aos 15 anos de idade, recebeu um convite para ser vocalista da banda Asas Livres. Foi neste conjunto que Pablo firmou o seu nome com a criação do ritmo arrocha. Em 2003, foi convidado para ser sócio de um projeto, chamado 'Grupo Arrocha'. O êxito chegou ao programa Domingão do Faustão, na Rede Globo, e expandiu o movimento com repercussão nacional e internacional", diz o texto, publicado no Diário Oficial do Legislativo.
O vereador e radialista Leandro Guerrilha (PSL) foi quem solicitou a concessão do título ao cantor Pablo. Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias.
 
Ao BN, o vereador explicou o motivo da homenagem. "Como radialista, tive uma participação na qual pude acompanhar a carreira dele. Hoje, ele é uma referência no Brasil inteiro por ser baiano. É o artista mais citado em todos os lugares e, com certeza, vai ser o sucessor de Zezé Di Camargo & Luciano. Mas não é só pelo lado artístico. Pablo representa, para os jovens de família pobre, que eles não podem deixar de sonhar. Ele não esqueceu a família e, mesmo vindo do interior do estado, faz muito sucesso", opinou. Segundo Guerrilha, no entanto, Pablo ainda não foi contatado e, por isso, não há data prevista para a solenidade. "Ainda estou entrando em contato com a produção dele, então isso vai depender da agenda. No dia em que ele estiver aqui, que a gente tiver a oportunidade de combinar com ele, quero fazer essa homenagem. Nem sei se ele quer receber, mas acho que precisamos valorizar aqueles que são da casa", concluiu.
Comentários
Luis Pagodão.Net - Todos os Direitos Reservados. "Tudo é do Pai"